quarta-feira, 21 de maio de 2008, posted by Ao Sabor da Poesia at 20:07
 
1 Comments:


At 23 de maio de 2008 01:27, Blogger Vera

Certeza de duas almas unidas! Querida amiga, sempre falas do amor como mestre!
Um belo poema!

Beijinhos