terça-feira, 26 de maio de 2009, posted by Ao Sabor da Poesia at 01:44

Marcadores: , , ,

 
2 Comments:


At 26 de maio de 2009 03:52, Blogger Marta Vasil

Ângela

Como descreveste tão bem tudo o que a palavras saudade envolve. A saudade da mãe é a que dói mais não é?

beijinho grande

 

At 8 de junho de 2009 21:25, Blogger Ao Sabor da Poesia

Marta querida amiga

Realmente esta saudade não tem como
a matar, quanto mais se tenta
mais nela se afoga é uma saudade
que não tem cura mesmo...

Obrigado pelo carinho

Beijinhos no coração