quarta-feira, 5 de setembro de 2007, posted by Ao Sabor da Poesia at 07:57

Meus sonhos são tão pequenos

Perante os teus

Sonho apenas em ter você

Acalentar teus cabelos macios

Sentir teus lábios de fogo nos meus

Teus olhos amendoados

Fitando profundamente os meus

Oh! Lábios de fogo

Vem queimar minha pele toda

Deixar-me cada momento

Mais e mais ansiosa

Em cada pedacinho que percorre

Deste corpo meu

Não me deixe na calmaria do meu ser

Quero sentir a volúpia do prazer

Nestes lábios de fogo teu

Que faz o meu delírio

Vem deita comigo e me aqueça

É com estes lábios de fogo que sonho

Cada noite do meu adormecer

Aquecendo assim este meu ser

Que é desejoso destes teus

Lábios de fogo tão meus
 
1 Comments:


At 6 de setembro de 2007 09:32, Blogger Vera

Oh! Lábios de fogo que nos queimam com o sabor da paixão!

Lindo poema amiga! Adorei!

Mil beijos